Missão de Prospeção de Mercado ao Luxemburgo (Master Export)

info@aea.com.pt . Out. 04, 2021. 013 visitas

No âmbito do projeto “MasterExport”, do qual a Associação Empresarial de Águeda (AEA) é promotora em parceria com a Associação Empresarial de Cambra e Arouca (AECA), ao abrigo do Portugal 2020, especificamente, do Sistema de Apoio a Ações Coletivas (SIAC) – Qualificação, e inserido no objetivo temático nº 3 – “Reforçar a Competitividade das PME” do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização, apoiado pelo Fundo Europeu para o Desenvolvimento Regional (FEDER), as duas Associações realizaram uma Missão de Prospeção de Mercado ao Luxemburgo, que decorreu de 27 a 29 de Setembro.
O Master Export é um projeto de apoio à internacionalização das PME das fileiras do setor da metalomecânica e do habitat.
Com uma experiência acumulada no apoio à internacionalização das empresas, a AEA organizou mais uma Missão Empresarial desta vez ao
Luxemburgo, Missão de Prospeção de Mercado, pois trata-se de um mercado com potencial para as empresas da fileira da metalomecânica e do habitat.
Tendo por base a capacidade produtiva da região e a qualidade e diversidade dos bens produzidos, e em concreto na Fileira Habitat e na Fileira da Metalomecânica, o Master Export visa reorientar as estratégias de internacionalização para mercados europeus que valorizam novos fatores
competitivos, isto é, mercados que valorizam os fatores imateriais de competitividade, produções diferenciadas e com maior valor acrescentado.
Os mercados alvo foram identificados pela proximidade geográfica, relacionamento histórico, poder de compra, estrutura de bens importados
designadamente bens provenientes das duas Fileiras Alvo, relativa abertura a produtos vindos do exterior e que sirvam de «montra» e plataforma para acesso a outros países vizinhos.
Assim o “Master Export” possui os seguintes mercados alvo: Bélgica, Espanha, França, Luxemburgo e Polónia.

O destino presente nesta missão foi o Luxemburgo, depois de realizadas missões e participações em feiras na França.
Desta missão “Ficou clara a importância do Luxemburgo e da Grande Região para os bens e serviços daquelas regiões nacionais e foi desenhado um procedimento para se avaliar o interesse das empresas luxemburguesas na oferta portuguesa”, declarou António Gamito, segundo publicação na página oficial da Embaixada de Portugal no Luxemburgo, após reunir com a delegação vinda de Portugal.
Da agenda desta missão constaram reuniões com a Embaixada de Portugal, com diversos órgãos de comunicação social mas também com diversas empresas de portugueses no Luxemburgo, e com diversas Câmaras de Comércio e Associações Empresariais. Houve a intenção de procurar a Diáspora Portuguesa.
O balanço final desta Missão mostra-se bastante positivo, tendo sido dado o “pontapé de partida” na organização de uma Missão Inversa entre as empresas de Portugal e Luxemburgo!