Formação em "Avaliação de Empresas" | ATRIBUIÇÃO DE 8 CRÉDITOS PELA OCC | Presencial | 09H00- 12H30 | 14h00-18h30

16 Dez. 2022

A Associação Empresarial de Águeda (AEA) vai realizar no dia 16 de Dezembro de 2022, uma formação sobre “ Avaliação de Empresas”, com a duração de 8 horas.

DESTINATÁRIOS: Contabilistas Certificados, Colaboradores.


FORMADOR/A: Doutor Nuno Filipe Lopes Moutinho, Doutorado em Gestão, na área de finanças, Mestre em Ciências Empresariais, na mesma área, Bacharel em Contabilidade e Administração de Empresas e Licenciado em Gestão e Administração de Empresas. É Revisor Oficial de Contas, inscrito na OROC e CMVM, e Contabilista Certificado. É docente numa Instituição de Ensino Superior nas áreas de finanças, contabilidade e auditoria, e consultor financeiro na área de projetos económicos e financeiros; reestruturação de empresas; financiamentos; avaliação de empresas; governo da empresa. É formador com competências certificadas (CAP). Desempenhou funções no setor bancário. 

CERTIFICADO: Emitido ao abrigo da Portaria 474/2010 de 08 de julho, entregue aos formandos que obtiverem taxa de assiduidade igual ou superior a 90% da carga horária do curso.

ATRIBUIÇÃO DE CRÉDITOS _OCC:

a) Esta formação respeita a fiscalidade e por isso enquadra-se nas matérias abrangidas pelo artº 4º do Regulamento da Formação Profissional Contínua (RFPC), da Ordem dos Contabilistas Certificados (OCC); 

b) De acordo com a alínea a) do artº 7º do mesmo Regulamento, por cada hora de formação será atribuído 1 crédito;

c) De acordo com o nº 2 do artº 5 do citado Regulamento, os contabilistas certificados são obrigados a realizar e a justificar, no mínimo, um total de 30 créditos de formação profissional contínua por ano ou um proporcional em relação ao período em que exerceram a atividade nesse ano;

d) Segundo informação da Ordem dos Contabilistas Certificados, os créditos podem ser todos obtidos em formações equiparadas, não sendo obrigatório que alguns sejam obtidos diretamente na OCC;

e) De acordo com o nº1 do art. 8º do RFPC, a AEA, enquanto entidade formadora compromete-se a enviar a cópia dos respetivos certificados à OCC para a respetiva atribuição de créditos. Desaconselhamos o envio individual, de forma a evitar duplicações.

 

Na formação presencial, a prioridade máxima é a proteção dos formandos e formadores, neste sentido deixamos algumas regras/medidas:

• O número de formandos por ação de formação respeita os limites impostos de uma área útil por formando a variar entre 2,5m2 e 3m2 em função da disposição do espaço, sempre garantindo um distanciamento mínimo entre formandos de 1,5 metros;

• O uso de máscara não é obrigatório para formador e formandos mas é recomendável pela DGS a sua utilização em espaços fechados, em aglomerados (pretendendo usá-la, traga a sua);

• A entrada na sala é precedida de higienização de mãos (a AEA providenciará gel desinfetante).

Objetivo

Apresentar os principais conceitos associados à avaliação de empresas e providenciar os participantes de conhecimento prático que permita a avaliação de uma empresa, seguindo principais métodos utilizados: Discounted Cash Flows e método dos múltiplos.

Valor da Formação

O custo de inscrição por participante associado da AEA/ Desempregado é de € 87,00 e por participante não associado da AEA o custo de inscrição é de € 127,00.

Conteúdo Programático

1. Enquadramento da avaliação de empresas

1.1. Contexto da avaliação de empresas

1.2. Principais definições de valor (valor, preço, enterprise value, equity value)

1.3. Processo de avaliação de empresas

1.3.1. Fases do processo de avaliação

1.3.2. Estrutura do relatório de avaliação

1.4. Erros mais comuns numa avaliação

2. Ótica patrimonial (asset approach)

2.1. Valor contabilístico ou histórico

2.2. Valor contabilístico ajustado

2.3. Valor de liquidação

2.4. Método de inclusão do goodwill

2.5. Exemplo de aplicação do método

3. Ótica de mercado (market approach)

3.1. Correções às demonstrações financeiras

3.2. Método dos múltiplos

3.3. Exemplo de aplicação do método

4. Ótica do rendimento (income approach)

4.1. Preparação das demonstrações financeiras previsionais

4.1.1. Balanço previsional

4.1.2. Demonstração de resultados previsional

4.1.3. Necessidades de fundo de maneio previsionais

4.2. Método dos fluxos de caixa descontados

4.2.1. Fluxo de caixa operacionais na ótica da empresa

4.2.2. Atualização dos fluxos de caixa operacionais

4.2.3. Custo médio ponderado do capital

4.2.4. Custo do capital próprio

4.2.5. Custo do capital alheio

4.2.6. Valor para a perpetuidade

4.2.7. Valor da empresa e valor dos capitais próprios

4.3. Exemplo de aplicação do método